voltar

ACUPUNTURA:TÉCNICA CHINESA SE DESTACA NA ÁREA MÉDICA

Publicado em 20/04/2010

Acupuntura: Técnica chinesa se destaca na área médica

A acupuntura é um método terapêutico que se caracteriza pela inserção de agulhas em pontos específicos da superfície do corpo, para tratar doenças e disfunções do organismo. Praticado na China há mais de três mil anos, o procedimento foi introduzido na medicina brasileira na década de 70.

A inserção das agulhas estimula as terminações nervosas existentes na pele e nos tecidos subjacentes, como, por exemplo, os músculos. O estímulo é enviado para o sistema nervoso central (medula e cérebro), que por sua vez libera diversas substâncias químicas, desencadeando efeito analgésico, anti-inflamatório e relaxante muscular, além de ter uma ação reguladora sobre os sistemas endócrino e imunológico e diversas outras funções orgânicas.

Como a estimulação do sistema nervoso regula e harmoniza o funcionamento do organismo como um todo, o campo de atuação da acupuntura é bastante amplo. Reconhecida como especialidade médica, desde 1995, pelo Conselho Federal de Medicina, o método faz parte do arsenal da medicina para aliviar e tratar uma variedade de problemas. Além das indicações mais conhecidas e tradicionais, como o alívio da dor e inflamação, o método é recomendado para tratamentos neurológicos, psiquiátricos, ortopédicos, respiratórios, reumatológicos e digestivos, entre outros. 

A acupuntura é uma especialidade médica com validação científica, comprovada através de trabalhos e pesquisas nas mais variadas áreas, que evidenciam os efeitos do procedimento. A Organização Mundial de Saúde (OMS) elabora, desde 1979, uma extensa lista de doenças tratáveis através da acupuntura. 

O método é seguro e desprovido de efeitos adversos, quando realizado por profissionais capacitados. A introdução das agulhas no corpo é apenas uma das etapas de uma série de procedimentos encadeados, que obedecem à mesma sequência de uma consulta médica de qualquer outra especialidade e devem ser precedidas de análise dos sintomas e exame físico do paciente, solicitação de exames complementares, elaboração do diagnóstico, verificação se a acupuntura é indicada e se há a necessidade de prescrever alguma medicação ou associar outra forma de tratamento, além de informar as possibilidades de sucesso e limitações. Em caso de necessidade, o paciente poderá ser encaminhado a um médico de outra especialidade, para uma avaliação ou mesmo, para dar continuidade ao tratamento. Além da escolha do profissional adequado, a acupuntura deve ser realizada exclusivamente com material descartável, a fim de evitar infecções e transmissão de doenças. 

A técnica consolidou-se na área de saúde e a acupuntura médica no Brasil tornou-se referência mundial. "A acupuntura é hoje um dos mais importantes instrumentos da medicina contemporânea. Sua abrangência e eficácia têm sido comprovadas através de diversos estudos e pesquisas realizadas por renomadas instituições em todo o mundo. O resultado é a crescente demanda pelos pacientes e a expansão do procedimento nas grandes redes hospitalares, públicas e privadas", afirma Dr. Dirceu de Lavôr Sales, médico especializado em acupuntura e presidente do CMBA - Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura, órgão oficial da acupuntura médica do país. 

Fonte: Site da ABN - Agência Brasileira de Noticias

Parceiros


Instituto Flor de Lótus - Centro de Estudo em Saúde
Alameda Barão de Nova Friburgo, 255
Olaria, Nova Friburgo/RJ. CEP: 28623-060
WhatsApp: (22) 99856-4897
(22) 2523-8863 / (22) 2521-0673 - contato@institutoflordelotus.com.br